O MMBB, fundado em 1991 em São Paulo, é um escritório de arquitetura formado por Fernando de Mello Franco, Marta Moreira e Milton Braga, arquitetos graduados pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAUUSP) entre 1986 e 1987. Contou entre seus sócios com Vinicius Gorgati (1990 a 1992) e também Angelo Bucci (1996 a 2002). A partir de 2013, Fernando de Mello Franco se licenciou das atividades e responsabilidades do escritório para assumir a função de Secretário de Desenvolvimento Urbano da cidade de São Paulo.

O MMBB é uma empresa versátil, capaz de enfrentar uma ampla gama de escalas, escopos e contextos. Em sua produção, reconhecida através de diversos prêmios nacionais e internacionais, destacam-se os projetos de edifícios institucionais, de equipamentos sociais e de infraestrutura urbana, frutos do foco do trabalho que procura valorizar a dimensão pública intrínseca à arquitetura e ao urbanismo, com o objetivo de contribuir para a construção da urbanidade nas cidades onde atua.

Os projetos, muitas vezes realizados na forma de associações e colaborações com diferentes arquitetos e empresas de engenharia consultiva, têm possibilitado a estruturação de uma atuação plural, necessária em face da abrangência e complexidade dos desafios da cidade contemporânea.

A associação com empresas de engenharia consultiva levou ao desenvolvimento de projetos de infraestrutura urbana tais como corredores e terminais de ônibus, monotrilhos, garagens subterrâneas e edifícios garagem, praças de pedágio, passarelas, entre outros.

A parceria com o Arquiteto Paulo Mendes da Rocha, por sua vez, oferece a oportunidade de desenvolvimento de projetos de grande porte para órgãos institucionais e de governo, destinados para atividades culturais, educacionais, representativas e de serviços.

A postura reflexiva e crítica em sua atuação faz com que as atividades do MMBB ampliem-se para o âmbito cultural e acadêmico, na participação e organização de seminários, eventos culturais e exposições, assim como na docência e na pesquisa universitária.

Marta Moreira é professora na Escola da Cidade e Milton Braga é professor na FAUUSP, onde desenvolveu pesquisas sobre projeto urbano em seu mestrado (1999) e doutorado (2006).

Em 2010, Milton Braga publicou o livro “o concurso de Brasília: sete projetos para uma capital”, premiado com o segundo lugar no 53º Prêmio Jabuti na categoria Arquitetura e Urbanismo (2011) e o primeiro prêmio “ex aequo” na categoria livro da VIII Bienal Ibero-americana de Arquitetura e Urbanismo, em Cádiz (2012).